Marcelo Neves — ARTIST






Marcelo Neves

Entrevista com o artista Marcelo Neves –

Jovem e promissor talento no mundo das artes. Sua sensibilidade ao observar a anatomia humana, a forma dos objetos e a sua ocupação no espaço, fez com que ele desenvolvesse esculturas exuberantes. A anatomia surpreendente, os volumes impressionantes e a leveza dos gestos, tudo muito sutil, faz como se a vida ali existisse com graça e beleza.
A matéria é o bronze; a elaboração parte de seus desenhos a carvão e evoluem para seu manuseio com a argila onde a figura toma suas formas. Todos os cuidados são importantes até a finalização com a fundição e os acabamentos das texturas e pátinas. O resultado é maravilhoso. As personagens são figuras gordas que dançam ou um tango argentino ou um frevo. Outras praticam esportes com bambolê, fitas ou pulando corda. Tudo com leveza e graciosidade. Seu “São Francisco” também é gordo, contrariando a figura magra do santo. A escultura “Pensando em ti” é uma releitura do Pensador de Rodin, com a dúvida: comer ou não comer? Assim, ele nos surpreende com obras divertidas e inteligentes, dando-lhes expressões marcantes e vida própria.
O resultado é uma incrível beleza e harmonia, a espiritualidade transborda num prazer mágico, lúdico e de grande humor.

1. Quem é você e o que você faz?
Sou Marcelo Neves, brasileiro, escultor, galerista e curador de arte.

 

 

2. Porque a escultura?
Foi o meio que achei de me expressar, sinto na escultura uma forma de entrar em contato direto com a obra, com a criação em si. Mas a escultura veio de forma espontânea.

 

 

3.Qual sua lembrança mais antiga de ser um artista?
Sempre gostei de criar formas, mas foi em viagens e pesquisas que despertou a vontade de tornar-me escultor de forma profissional.

4.Qual o seu tema favorito e estilo?
Como fica evidente em minhas criações, formas femininas voluptuosas, chamadas carinhosamente de “minhas gordinhas.” O estilo é clássico, mas abstraído para o moderno. Em especial e a minha grande inspiração foi a Venus de Willendorf.

 

 

5.Como é que você trabalha e se aproxima do seu tema?
Através da observação do cotidiano, buscando inspiração nas mulheres com mais formas e colocando nas posições do meu imaginário, que ocorrem de forma espontânea.

 

 

6.Quais são seus artistas plásticos, escultores e temas favoritos?
Fernando Botero e Artistas Renascentistas. Trabalhando também como curador tenho vários artistas que aprecio.

 

 

7. Quais são as melhores respostas que teve aos seus trabalhos?
A aceitação do público e convite como, expor no Carroussel do Louvre, numa exposição do SNBA, Salon Nationale de Beaux Art.

8.O que você mais gosta de seus trabalhos?
O movimento que consigo das a elas, pesadas e ao mesmo tempo delicadas.

 

 

9.Que conselho você daria aos outros artistas?
Insistir na carreira e nunca desistir.

10.Onde você se vê daqui a 05/10 anos?
Estabelecido na carreira, inclusive com carreira internacional, mas sempre estudando e procurando evoluir.

 

 

11. Quais suas principais participações em exposições, como escultor e algumas como galerista? Mencione as 5 mais recentes?
SNBA – Salon National des Beaux-Art / 2008/2009/2010/2011
Pinacoteca de Ponta Grossa / 2010
Monaco Art Show / 2012
Ward Nasser Gallery – NY
Spectrun Art Show – Miami / 2018
Art Expo NY – New York / 2019

 

 

Marcelo Neves

 

 

 

LINKS—

 
Facebook: https://www.facebook.com/escultormarcelo
Facebook (art): https://www.facebook.com/marcelonevesartgallery
Instagram: https://www.instagram.com/marcelonevesartgallery/?fbclid=IwAR3khTDJuDT0rxqZnZof9hnMFiRHMOoIdAUePjWgpsJRQZTeMpLkAMKX8AI

 

 

Edmundo Cavalcanti

Edmundo Cavalcanti

 

Edmundo Cavalcanti é nosso colunista de artes para Arts Illustrated em São Paulo, Brasil.